Por Que as Mulheres Grávidas Sentem Mais Fome?

Por Que as Mulheres Grávidas Sentem Mais Fome?

A fase da gravidez é uma experiência profundamente marcante na vida de uma mulher, repleta de transformações físicas e emocionais. Entre as inúmeras questões que surgem nesse período, uma dúvida comum é entender por que as gestantes frequentemente experimentam um aumento no apetite e como lidar com essa situação. A resposta reside em um conjunto de fatores hormonais e metabólicos que contribuem para essa sensação.

Metabolismo Acelerado e Necessidades Nutricionais

A gestante sente mais fome devido ao seu metabolismo estar em um estado de aceleração. Isso ocorre porque o corpo está dedicando esforços significativos para sustentar o crescimento e desenvolvimento do feto em seu útero. Como resultado, a futura mãe requer uma quantidade adicional de nutrientes essenciais para apoiar o desenvolvimento saudável do bebê.

Estratégias Inteligentes para Lidar com a Fome Durante a Gravidez

É essencial para a gestante entender que, ao contrário do mito popular de “comer por dois“, o foco deve ser em comer pelos dois – ou seja, garantir a ingestão adequada de nutrientes para si mesma e para o bebê. Aqui estão algumas estratégias eficazes para lidar com a fome e nutrir o corpo durante a gravidez:

  1. Refeições Bem Estruturadas: Estabelecer refeições regulares é fundamental. Isso inclui café da manhã, almoço e jantar, além de pequenos lanches nutritivos no intervalo entre as refeições principais.
  2. Mastigação Consciente: Comer devagar e com atenção plena ajuda na digestão eficiente e na satisfação mais duradoura após as refeições.
  3. Hidratação Adequada: A água é a melhor escolha de líquido. É aconselhável beber entre as refeições para não diluir os sucos digestivos.
  4. Alimentação Consciente: Optar por alimentos reais e minimamente processados é fundamental. Evitar alimentos ultraprocessados beneficia tanto a mãe quanto o bebê.
  5. Ênfase em Frutas e Vegetais: Aumentar o consumo de frutas, legumes e verduras fornece uma variedade de nutrientes essenciais.
  6. Proteína Adequada: As proteínas são importantes para a energia da mãe e para o crescimento saudável do bebê. Incluir fontes de proteína magra é aconselhável.
  7. Moderação com Sal e Açúcar: Controlar o consumo de sal e açúcar é importante para manter a saúde durante a gestação.
  8. Exercício Físico Orientado: Praticar atividades físicas sob a orientação de um obstetra pode trazer benefícios para a disposição da mãe e para uma gravidez saudável.
  9. Gestão do Peso: Evitar o ganho excessivo de peso é recomendado para uma gestação saudável.

Em meio a essas mudanças naturais e emocionais, as futuras mães podem aproveitar esse momento único e especial, permitindo que suas transformações físicas e emocionais ocorram de maneira positiva. A linha de produtos funcionais da Essência do Vale, baseados em Biomassa de Banana Verde, oferece opções nutritivas e saborosas, ideais para a preparação de lanches saudáveis durante a gravidez.

Autora: Flávia Zibordi Camargo – CRN3ª-3472, Nutricionista Especializada em Atendimento a Gestantes (@nutri.flaviazibordi)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

87 − 86 =