Como Equilibrar Alimentação e Diversão nas Festas Juninas: Dicas Práticas

Como Equilibrar Alimentação e Diversão nas Festas Juninas: Dicas Práticas

Festa junina é um momento de celebração e diversão, mas também pode ser um desafio para quem tenta manter uma alimentação equilibrada. Com algumas estratégias simples, é possível aproveitar a festa sem exageros. Aqui estão algumas dicas valiosas para você:

1. Nunca Vá à Festa com Fome

Primeiro de tudo, festa não é lugar de matar a fome, então jamais vá à alguma festa em jejum. Chegar com muita fome pode fazer você perder o controle e querer comer de tudo e muito rapidamente. Para manter seu senso crítico, faça uma refeição leve antes de sair. Priorize frutas e cereais integrais para dar uma forrada no estômago.

2. Faça Escolhas Inteligentes

Agora que você está mais tranquila, vai conseguir seguir essa orientação com maestria: analise bem tudo que tem à sua disposição e priorize alimentos realmente especiais. Opte por aqueles que você raramente encontra ou consome, e que realmente valem a pena pelo sabor e experiência. Alimentos como pizza, coxinha, cachorro-quente e pastel podem ser encontrados em qualquer esquina durante o ano todo. Será que precisa mesmo escolher esses alimentos hoje?

3. Coma com Atenção e Presença

Coma com atenção e presença, usando os cinco sentidos. Saboreie bastante o alimento, aproveitando o máximo do prazer que ele proporciona. Sinta o cheiro, aprecie a aparência, perceba a textura e preste atenção aos pensamentos que surgem sobre ele. Aproveite a explosão de sabor da primeira mordida e prolongue o tempo de mastigação. Quanto mais devagar você comer, mais saciada ficará e menos sentirá necessidade de repetir até se entupir.

4. Evite a Culpa e Aproveite os Alimentos Típicos

Não julgue os alimentos e nem se proíba de comer nada. A culpa só leva a comer mais, sem critério e prazer. Priorize os alimentos realmente típicos da festa junina. Hoje em dia, o cardápio dessas festas se descaracterizou bastante, mas as preparações típicas são sempre muito naturais e caseiras! Experimente pamonha salgada e doce, curau, pinhão, cuscuz, mungunzá, polenta, angú, cocada, canjica, arroz doce, bolo simples, doce de leite, caldo verde, maçã do amor e caldo de kenga.

5. Mantenha o Controle sobre as Quantidades

Se você comeu com atenção e levou seu senso crítico no bolso, vai conseguir fazer escolhas baseadas na quantidade ingerida e na frequência de consumo. Assim, perceberá se realmente precisa daquele alimento agora e em qual quantidade, libertando-se das regras externas.

6. Não Se Preocupe com o Peso no Dia Seguinte

Não se pese no dia seguinte. Com certeza, seu peso estará maior devido ao alto consumo de sal, açúcar e gordura, que causam retenção de líquidos. Em alguns dias, seu peso vai normalizar e estabilizar. Sem a neura do peso, não haverá compensação com excesso de exercícios no dia seguinte. Só alegria!

7. Lembre-se: Festa é Muito Mais do que Comer

Por fim, lembre-se que festa não se trata apenas de comer. É o momento de socializar com amigos e parentes, fazer novas amizades, aproveitar os jogos e brincadeiras, dançar e criar memórias especiais!

Com essas dicas, você conseguirá aproveitar a festa junina de forma equilibrada, sem exageros e com muito mais prazer. Boas festas!

Nutricionista Thiago Bronze | CRN n° 47.667 | @thiago.bronze 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

90 − = 80